Soluções Web – Network e Telecom

Me lembro de comprar a minha primeira TV em LCD, foi a mais ou menos 3 anos atrás, foi incrivel a sensação, na verdade fui bem resistente para aderir a compra desta tecnologia, pois os preços não eram convidativos. Mas a compra de um PS3 para minha filha pois um fim a está resistência.

De última geração a TV LCD FULL HD que comprei estava a frente de modelos como Plasma e LCD  porém logo surgiu a tecnologia de LED e também 3D, vi em pouco tempo minha TV ser ultrapassada por modelos mais novos e melhores.

Agora uma das próximas promessas é a TV a Lazer, também conhecida como LPD, na verdade alguns modelos já estão prontos e acredito que se já não estão sendo comercializadas, estarão em breve.

Desenvolvido pela empresa americana Prysm, esses novos modelos de televisões utilizam raios laser para transmitir suas imagens em uma tela de fósforo. É desse conceito que se origina a sigla que dá nome à tecnologia (LPD é a abreviação para “Laser Phosphor Display”).

Prysm-laser-phosphor-displays-thumb-550xauto-41776

Isso faz com que seu funcionamento seja bastante semelhante ao das antigas CRTs, as velhas TVs de tubo. Entretanto, é exatamente a utilização do laser em vez dos raios catódicos que faz com que a qualidade da imagem seja de até 23 vezes melhor de uma para a outra.

A grande vantagem das LPDs é o incrível nível de contraste alcançado. Estima-se que as TVs a laser sejam capazes de reproduzir cerca de 90% de cores perceptíveis ao olho humano. Já as televisões de cristal líquido e plasma disponibilizam apenas 40%.

O chamado Quad Full HD, ou UltraHD, é um dos grandes destaques das LPDs e fazem com que qualquer pessoa fique de queixo caído com imagens sendo apresentadas a uma resolução 3840 por 2160 pixels.

Mas essas não são as únicas razões que fazem desses novos aparelhos superiores aos equipamentos atuais. Além do surpreendente nível de cor e resolução, a utilização de raios laser torna possível a criação de telas de vários tamanhos. Portanto, espere encontrar TVs colossais de até 73 polegadas.

Adicione também o fato de as LPDs da Prysm não possuírem borda. A TV é composta exclusivamente por sua tela, sem que tenha uma borda em torno dela. Pode parecer besteira, mas a qualidade apresentada e esse pequeno detalhe fazem com que a imersão seja muito maior. Além disso, a compatibilidade com o 3D torna tudo ainda melhor

Isso sem falar que não é mais necessário procurar a posição ideal para enxergar a tela com qualidade. As televisões a laser tem a grande vantagem de possuir um ângulo de visualização de 180º, o que acaba com o incômodo problema das LCDs, assim como a dificuldade de enxergar o que era exibido em locais muito iluminados.

Além disso, a tela também não sofre um desgaste tão grande como acontece com as tecnologias atuais. Isso torna a vida útil das LPDs muito maior, podendo chegar até mesmo à incrível marca de 65 mil horas de exibição.

Além de não utilizar mercúrio em sua composição e fazer uso de componentes recicláveis, as TVs a laser consomem cerca de 75% menos energia do que as demais tecnologias.

Veja abaixo um vídeo em inglês sobre o assunto:

 

Leia mais: http://www.baixaki.com.br/tecnologia/4533-lpd-a-tecnologia-que-quer-aposentar-sua-tv-lcd.htm#ixzz1H6hFzgpQ

http://www.baixaki.com.br/tecnologia/2198-o-futuro-da-alta-definicao-super-hi-vision.htm

 

Autor: Alexandre Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: